DICAS

Saiba como limpar diferentes tipos de piso

Escolher o material que irá revestir o chão da casa não é nada fácil. Além de beleza, aconchego e durabilidade, há outras características que precisam ser avaliadas para decidir qual o piso ideal para cada ambiente. Um fator muito importante, por exemplo, é verificar se o piso é fácil de limpar.

Confira algumas dicas:
Porcelanato: é indicado um produto específico para não agredi-lo. Hoje temos várias opções de limpa-porcelanato que possuem em sua fórmula componentes capazes de retirar dos poros do piso todo tipo de sujeira, desde uma incrustação mais leve a uma mais pesada. No entanto, é importante lembrar que, no caso das incrustações mais pesadas, nem sempre na primeira aplicação o resultado será 100% bom. Ela explica que, em muitos casos, é necessária a reaplicação do produto. É importante lembrar que o hábito deverá ser constante para termos uma superfície 100% limpa.
Cerâmica – Para pisos cerâmicos, existe a opção de utilizar um limpador geral de piso. Vale a pena direcionar cada detalhe a ser limpo a um produto específico para ele. No caso do limpador geral de piso, ele possui em sua fórmula componentes que retiram resíduos de sujeira e gordura. O sabão ajuda, mas aliado a um limpador específico o resultado será melhor.
Temos primeiro que aplicar e deixar agir por, no mínimo, 5 minutos enquanto fazemos qualquer outra tarefa. Dessa forma o processo ficará mais fácil e rápido.
Outro ponto importante é a atenção na diluição de produtos, pois muitos deles dependem do componente água para a reação química.
Depois do tempo de espera, use um esfregão ou escova para a finalização da limpeza. Enxágue com bastante água e tome cuidado para não deixar resíduos no piso.
Como retirar manchas e encardidos do piso – Quando falamos de manchas é importante observar o grau de absorção que elas tiveram na superfície do piso. O piso possui microfuros, que chamamos de poros. Dependendo do piso, como o porcelanato, há limpadores que possuem um componente que chamamos de “sequestradores” de sujeira, ou seja, eles têm como função entrar nesses poros e retirar a sujeira.
Para pisos muito porosos, como mármores ou pedras, é importante verificar o nível de absorção com pequenas aplicações de produtos como testes para avaliar se a mancha será passível de remoção.
Para pisos com incrustações leves e alta sujidade sempre devemos aplicar o produto e deixar agir. Temos que usar também um acessório de acordo com o tipo de piso para evitar danos.
Madeira – Produtos químicos como álcool, querosene ou outros solventes jamais devem ser usados porque afetam a madeira e o verniz do acabamento. A água é uma das maiores inimigas do material, pois pode deixar o piso com aparência desgastada com o tempo.
A melhor maneira de manter pisos e carpetes de madeira sempre limpos é usando aspirador de pó, vassoura de pelos ou um pano seco. Outra opção é passar um pano úmido bem torcido embebido em água com duas gotas de detergente neutro ou produtos à base de amoníaco, sempre na medida de três colheres para cada litro de água.
Granito – Os pisos de granito são de fácil manutenção. Nada de produtos oleosos, ácidos, água sanitária, detergente ou quaisquer substâncias corrosivas ou produtos químicos. Por ser uma pedra muito sensível e que pode manchar facilmente, até com produtos que possuem corantes, o melhor é usar um pano úmido.

Site desenvolvido por Agência Intervalo Brasil